DAR NOVA VIDA A SOBRAS EDITORIAIS

O objetivo principal deste projeto foi reintroduzir gratuitamente na comunidade, nomeadamente na comunidade escolar, cerca de 40 mil publicações (cerca de 7 toneladas) sobre conservação da natureza e ambiente que estavam armazenadas na sede do FAPAS e cujo destino, a não ser este, seria a reciclagem, com desperdício dos conteúdos formativos e informativos.

Assim, com este projeto pretendeu-se:

 

  • Prolongar a vida útil de sobras editoriais com conteúdos ainda atuais;
  • Sensibilizar para a recirculação de sobras editoriais;
  • Difundir o conhecimento sobre os ecossistemas, os valores naturais e os serviços de ecossistemas;
  • Disseminar conteúdos e materiais didáticos com informação simples e apresentada de forma atrativa;
  •  Incutir na comunidade jovem e adulta atitudes positivas face à reutilização de publicações.
Memória descritiva: 

Informações adicionais:

Eixos temáticos: 
Tornar a economia circular
Orçamento: 
26.891 €
Aviso: 
Aviso 2019 - Educar para uma economia circular
% financiamento: 
95%
Regiões: 
Norte
Centro
Lisboa e Vale do Tejo
Alentejo
Algarve