Lagoas e Charcas do rio Ave

O projeto Lagoas e Charcas do rio Ave convergiu ações estruturadas em três medidas que visaram:

  • Capacitar a população,
  • Agir e Proteger com ações teórico-práticas 
  • Promover e Organizar o futuro por via essencialmente de mobiliário interpretativo, para uma cultura cívica territorial que considere os valores naturais no centro da apropriação científica e pedagógica de forma participada, no que às características gerais da galeria ripícola, as suas funções e ameaças diz respeito.

Este panorama de ação deu gradualmente resposta a algumas fragilidades, nomeadamente a necessidade de incremento da consciência ambiental e a necessidade de proteção e entendimento comunitário desta zona húmida considerando como oportunidades a afetividade pela área demonstrada pela população residente.

Em suma, juntamente com a sociedade civil, materializamos uma consciência ambiental para um plano de ação mais duradouro, posicionando Guimarães e a UF de Arosa e Castelões na concretização dos indicadores de desenvolvimento sustentável.

No global a constituição de um percurso interpretativo auxiliado por estruturas mobiliárias informativas em conjunto com outras ações de valorização ambiental, enriquecem o projeto final.

Memória descritiva: 

Informações adicionais:

Eixos temáticos: 
Valorizar o território
Orçamento: 
36.000 €
Aviso: 
Aviso 2019 - Educar para o Território
% financiamento: 
70%
Regiões: 
Norte
Centro