PeddyApp

Os trajetos casa-escola representam uma percentagem significativa das deslocações diárias, sendo considerável o impacto dos mesmos no ambiente urbano.

O número de pais que conduz os filhos à escola, de automóvel, tem vindo a aumentar ao longo das últimas décadas, contribuindo, deste modo, para a diminuição dos níveis de atividade física nos jovens e o aumento da obesidade infantil. Sendo assumido que muitos dos comportamentos, de cada indivíduo, são transmitidos de pais para filhos, prevê-se que o atual modelo de deslocações implique, cada vez mais, uma maior dependência do automóvel.

As consequências destas ações são de difícil correção, no futuro, com consequências danosas para a mobilidade sustentável das cidades.

O projeto PeddyApp visou a adoção de práticas mais sustentáveis ao nível do uso dos transportes, incentivando, de uma forma original e inovadora, os alunos a deslocarem-se a pé, desde a sua casa até à escola, assim como para as suas atividades extracurriculares. No âmbito do projeto, foi desenvolvida uma aplicação para telemóvel que contabilizou os quilómetros percorrido, a pé, por cada aluno participante. Por formar a criar um estímulo para este público-alvo, foi lançado um concurso, entre alunos e escolas, premiando os maiores níveis de adesão a este modo ativo de deslocação. 

Informações adicionais:

Eixos temáticos: 
Descarbonizar a sociedade
Orçamento: 
43.504 €
Aviso: 
Aviso 2019 - Educar para a mobilidade sustentável
% financiamento: 
70%
Regiões: 
Lisboa e Vale do Tejo