Rede de Docentes em Mobilidade nas ONGA

TAGIS - Centro de Conservação das Borboletas de Portugal

O Tagis - Centro de Conservação das Borboletas de Portugal é uma associação sem fins lucrativos com estatuto de Organização Não Governamental de Ambiente (ONGA) e de Utilidade Pública.

A formação em 2004 de um centro de investigação especializado na Biologia da Conservação das borboletas representa uma contribuição importante para os estudos de biodiversidade em Portugal e constituiu uma iniciativa inovadora ao nível da Península Ibérica.
Os seus principais objectivos foram definidos em conformidade com a “Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e Biodiversidade” (2001), procurando aplicar as opções estratégicas fundamentais a este grupo de insetos.
Desde 2005 que a associação é uma ONGA - Organização Não Governamental de Ambiente, tendo adquirido em 2010 o estatuto de Entidade Privada de Utilidade Pública.
Nos últimos anos, o Tagis tem alargado o seu âmbito de ação a outras ordens de insetos, sendo hoje uma das poucas instituições portuguesas que realiza estudos em entomologia.

Mais informações Aqui


Docente em Mobilidade: Clarisse Ferreira

Clarisse Ferreira é licenciada em Biologia e Geologia, mestre em Biologia Marinha e doutoranda em Biologia - especialização em Comunicação, Divulgação e Ilustração Biológicas, com o tema “Conservação das Borboletas: Plano de Ação Melitaea aetherie (Lepidoptera, Nymphalidae) em Portugal” pela Universidade de Aveiro.

É professora de Biologia e Geologia do ensino básico e secundário há mais de 20 anos, esteve destacada na rede dos centros de ciência viva, Visionarium e Fábrica Centro de Ciência Viva, trabalhou com a ABAE, ASPEA, LPN criando e desenvolvendo atividades científico-pedagógicas e formação de professores, como os “Roteiros de Biodiversidade e Geodiversidade” dando relevo às áreas protegidas de Portugal e promovendo a conservação da Natureza e a Educação Ambiental através da ENEA e ENCNB 2030.

Integra a TAGIS - Centro de Conservação das Borboletas de Portugal  a 1 de setembro 2020 implementando um projeto educativo para alunos, professores e público em geral.

FB

Educação Ambiental